O Professor tira dúvidas

Maio 24 2009

 

Grupo 0 – Verificação de leitura
 
Indica as informações seguintes relativas à obra estudada em aula através de frases completas  na tua folha de teste:
 
 1. título da peça
2. nome do autor
3. personagem (ns)  principal (ais)
4. caracterização do espaço
5. Resumo da peça (3 linhas MÁXIMO)
 
 
Grupo I – Compreensão Escrita
 
 Lê com atenção a página 38 e 39 (linhas 1-74) da peça estudada em aula e com base nelas e nos teus conhecimentos globais da peça responde às questões seguintes:
  
1.       Assinala com V (verdadeiro) ou F (falso) as seguintes afirmações e corrige as falsas:
 
a) A peça tem duas personagens.
b) A Boneca fala muito e muito alto.
c) O Boneco é uma personagem tímida.
d) Os Bonecos não tinham medo de nada.
 
RESPOSTAS COMPLETAS!!!
 
1.     Indica a personagem (ns) principal(ais) do texto e justifica a tua opção.
2.     Caracteriza psicologicamente a personagem(ns) principal(ais).
3.     Explica a função e a importância da primeira didascália.
4.     Por que razão os Bonecos nunca tinham falado antes? Justifica.
5.     «Nós os bonecos nunca nos enganamos!». Explica esta fala.
6.     Por que diz o Boneco que a Boneca se parece mais com uma menina? Justifica.
7.     Que figura de estilo está na fala «Tu levantas-te … como se fosses uma pessoa…» (l.58 /59)?
8.     Explica o título da peça (5 linhas mínimo).
9.     Elabora um texto (5 linhas no mínimo), em que expresses a tua opinião sobre esta peça, justificando o teu ponto de vista.
 
 
 
Grupo II - Funcionamento da Língua
 
1.     Para indicares o valor de cada um dos diminutivos, associa uma letra a um número.
Responde na folha de teste!
 

 
1.      carinho
2.      troça
3.      desprezo
4.      pequenez
5.      satisfação
a)     parvinha (l.71)
 
 
 
 
 
b)     estupidazinha (l.72)
 
 
 
 
 
c)     poucochinhos (l.91)
 
 
 
 
 
d)     voltazinha (l.94)
 
 
 
 
 
e)     pequeninas (l.167 / 168)
 
 
 
 
 

 
 
Grupo III – Expressão Escrita
 
 Escolhe uma opção, indica-a na tua folha de teste e constrói um TEXTO (mínimo de 15 linhas). 
 
A.     Cria a peça que os bonecos vão representar para as crianças. Não te esqueças das características do texto dramático e de dar um título à tua peça!
 
 
B.    Com base no que conheces do Autor, entrevista-o. Não te esqueças das características da entrevista!
 
Bom trabalho! José Miranda©
 
publicado por OPTD às 10:23

Março 20 2009

 

Grupo 0 – Verificação de leitura
 
Indica as informações seguintes relativas à obra estudada em aula  na tua folha de teste:
 
1. título do conto
2. nome do autor
3. personagem principal
4. caracterização psicológica
5. Resumo do conto (3 linhas MÀXIMO)
6. local de partida da viagem
7. local de chegada
8. motivo da viagem
9. significado do barco naufragado
10. definição de SAGA (3 linhas MÁXIMO)
 
 
 
Grupo I – Compreensão Escrita
 
 
 
No fundo da quinta, para os lados da barra, Hans mandou construir uma torre. Segundo disse para ver a entrada e a saída dos seus barcos. Daí em diante, em vez de trabalhar no escritório trabalhava no quarto da torre onde recebia os empregados e as pessoas que o procuravam. Consigo, às vezes, levava Joana, a neta mais velha, que achava na torre grande aventura e mistério e a quem ele ensinava o nome e a história dos navios. Depois, quando queria trabalhar, dava à neta lápis e papel enquanto ele se debruçava sobre contratos, cartas, livros, contas, relatórios. Mas Joana desenhava pouco. Levantava a cabeça e fitava intensamente Hans, pois algo na sua cara a fascinava e inquietava. E via então que também ele não trabalhava: para além da barra, os seus olhos fitavam os verdes azuis do horizonte marítimo.
- Avô, porque é que está sempre a olhar para o mar?
- Porque o mar é o caminho para a minha casa.
E os anos começaram a passar muito depressa. Hans agora já não viajava. Estava velho como um barco que não navegava mais. Tinha as mãos um pouco trémulas, o azul dos olhos desbotado, fundas rugas lhe cavavam a testa… Mas era um velho imponente e terrível, alto e direito em seu pesado andar, autoritário nas ordens que dava e sempre um pouco impaciente e taciturno. Quando adoeceu para morrer, ia Novembro no fim. Durante seis dias, Hans, sereno e consciente, pareceu resistir. Mas ao sétimo dia a febre subiu…
- Quando eu morrer, mandem construir um navio naufragado em cima da minha sepultura.
                E até morrer não falou mais.
(adaptado)
 
 
1.      Assinala com V (verdadeiro) ou F (falso) as seguintes afirmações e corrige as falsas :
 
a) Hans gostava de ver o mar.
b) Hans tinha os olhos azuis.
c) Hans tinha saudades da sua casa.
d) Hans fez um pedido estranho à sua família.
 
 
RESPOSTAS COMPLETAS!!!
 
2. Indica a personagem principal do texto e justifica a tua opção.
3. Caracteriza psicologicamente a personagem principal.
4. Classifica o tipo de narrador do conto e justifica a tua resposta.
5. Elabora um texto com 5 linhas no mínimo, em que expresses a tua opinião sobre este conto, justificando o teu ponto de vista.
 
 
Grupo II - Funcionamento da Língua
 
1.      Associa uma letra a um número (responde na folha de teste!):
 

A eu viajo
1 pretérito perfeito indicativo
B tu viajaste
2 pretérito mais-que-perfeito indicativo
C ele viajava
3 presente do indicativo
D nós viajaremos
4 pretérito imperfeito indicativo
 
5 futuro indicativo

 
 
 
Grupo III – Expressão Escrita
 
1.     Sophia fala de uma viagem. Num mínimo de 15 linhas, escreve um texto coerente e organizado em que fales de uma viagem que tenhas feito ou que gostarias de fazer, referindo lugares, pessoas, costumes de que tenhas gostado ou não.
 
Bom trabalho!
José Miranda©
 
publicado por OPTD às 11:53

Março 20 2009

 

Grupo 0 – Verificação de leitura
 
Indica as informações seguintes relativas à obra estudada em aula  na tua folha de teste:
 
1. título do conto
2. nome do autor
3. personagem principal
4. caracterização psicológica
5. Resumo do conto (3 linhas MÀXIMO)
6. local de partida da viagem
7. local de chegada final
8. duração da viagem
9. motivo da viagem
10. definição de NATAL (3 linhas MÁXIMO)
 
 
Grupo I – Compreensão Escrita
 
Lê o texto no verso desta página.
 
 
 
1.       Assinala com V (verdadeiro) ou F (falso) as seguintes afirmações e corrige as falsas:
 
a) Este episódio passa-se na América.
b) As duas personagens têm medo uma da outra.
c) O português só queria paz com o africano.
d) Os dois entenderam-se sem dificuldades de comunicação.
 
RESPOSTAS COMPLETAS!!!
 
2. Classifica o tipo de narrador do texto e justifica a tua resposta.
3. Descreve o local onde se passa a cena.
4. Quando se terá passado este encontro? Justifica.
5. Por que razão não se entenderam os homens? Apresenta soluções para esta situação.
 
 
Grupo II - Funcionamento da Língua
 
1.      Associa uma letra a um número (há dois números a mais). Responde na folha de teste!:
 

A eu viajo
1 pretérito perfeito indicativo
B tu viajaste
2 pretérito mais-que-perfeito indicativo
C ele viajava
3 presente do indicativo
D nós viajaremos
4 pretérito imperfeito indicativo
 
5 futuro indicativo
 
6 condicional

 
  
 
Grupo III – Expressão Escrita
 
Escolhe uma opção, indica-a na tua folha de teste e constrói um TEXTO (mínimo de 15 linhas). 
 
A.     Completa o texto apresentado no grupo I de modo que este tenha um final coerente.
 
B.     Conta uma viagem que tenhas feito ou que gostarias de fazer, referindo lugares, costumes, tradições… que tenhas gostado ou não.
 
Bom trabalho!
José Miranda©
 
publicado por OPTD às 11:53

Fevereiro 07 2009

 

Escola Básica 2, 3 __________________________
Teste de avaliação de Língua Portuguesa 3 – 8º ano
 
Grupo 0 – Compreensão Oral
 
Ouve atentamente e indica na tua folha de teste:
 
1. Personagem Principal
2. Características físicas
3. Características psicológicas
4. Personagens secundárias
5. Resumo (5 linhas)
 
Grupo I – Compreensão Escrita
 
Lê atentamente o texto e responde com correcção e clareza às questões seguintes.
 
Lenda das Amendoeiras - Algarve
 
Há muito tempo, antes da independência de Portugal, quando o Algarve pertencia aos mouros, havia ali um rei mouro que desposara uma rapariga do norte da Europa, à qual davam o nome de Gilda.
Era encantadora essa criatura, a quem todos chamavam a "Bela do Norte", e por isso não admira que o rei, de tez cobreada, tão bravo e audaz na guerra, a quisesse para rainha.
Apesar das festas que houve nessa ocasião, uma tristeza se apoderou de Gilda. Nem os mais ricos presentes do esposo faziam nascer um sorriso naqueles lábios agora descorados: a "Bela do Norte" tinha saudades da sua terra.
O rei conseguiu, enfim, um dia, que Gilda, em pranto e soluços, lhe confessasse que toda a sua tristeza era devida a não ver os campos cobertos de neve, como na sua terra.
O grande temor de perder a esposa amada sugeriu, então, ao rei uma boa ideia. Deu ordem para que em todo o Algarve se fizessem plantações de amendoeiras, e no princípio da Primavera, já elas estavam todas cobertas de flores.
O bom rei, antevendo a alegria que Gilda havia de sentir, disse-lhe:
- Gilda, vinde comigo à varanda da torre mais alta do castelo e contemplareis um espectáculo encantador!
Logo que chegou ao alto da torre, a rainha bateu palmas e soltou gritos de alegria ao ver todas as terras cobertas por um manto branco, que julgou ser neve.
- Vede - disse-lhe o rei sorrindo - como Alá é amável convosco. Os vossos desejos estão cumpridos!
A rainha ficou tão contente que dentro em pouco estava completamente curada. A tristeza que a matava lentamente desapareceu, e Gilda sentia-se alegre e satisfeita junto do rei que a adorava. E, todos os anos, no início da Primavera, ela via do alto da torre, as amendoeiras cobertas de lindas flores brancas, que lhe lembravam os campos cobertos de neve, como na sua terra.
Cf. http://web.educom.pt/pr1305/lenda_das_amendoei.htm
 
1.      Assinala com V (verdadeiro) ou F (falso) as seguintes afirmações e corrige as falsas :
 
a) As lendas pretendem transmitir um ensinamento.
b) O rei mouro vivia no Norte da Europa.
c) Gilda tinha saudades das amendoeiras da sua terra.
d) As amendoeiras florescem no Verão.
 
2. Indica a personagem principal do texto e justifica a tua opção.
3. Classifica o tipo de narrador da lenda e justifica a tua resposta.
4. Qual a explicação que esta lenda pretende dar?
5. Elabora um texto com 5 linhas no mínimo, em que expresses a tua opinião sobre esta lenda, justificando o teu ponto de vista.
 
 
Grupo II - Funcionamento da Língua
 
1. Faz a correspondência letra / número. (Atenção! Há um número a mais…)
 
a) eu                1. Pronome indefinido
b) meu             2. Pronome possessivo
c) que              3. Pronome demonstrativo
d)este              4. Pronome relativo
                        5. Pronome pessoal
 
Grupo III – Expressão Escrita
 
Certamente ouviste muitas histórias tradicionais na tua infância. Num mínimo de 15 linhas, conta ou recria uma história tradicional que conheças, por exemplo, o Capuchinho Azul e os Sete Porquinhos…
Bom trabalho!
José Miranda©
 
publicado por OPTD às 12:41

Fevereiro 07 2009

 

Escola Básica 2, 3 ___________________
Teste de Avaliação de Língua Portuguesa 3 - 7º ano
 
Grupo 0 – Compreensão Oral
 
Ouve atentamente e indica na tua folha de teste:
 
1. Personagem Principal
2. Características físicas
3. Características psicológicas
4. Personagens secundárias
5. Resumo (5 linhas)
 
Grupo I – Compreensão Escrita
 
Lê atentamente o texto e responde com correcção e clareza às questões seguintes.
 
Parábola dos Sete Vimes
 
Era uma vez um pai que tinha sete filhos. Quando estava para morrer, chamou-os e disse-lhes:
- Filhos, já sei que não posso durar muito; mas antes de morrer, quero que cada um de vós me vá buscar um vime seco e mo traga aqui.
- Eu também? – perguntou o mais novo, que tinha quatro anos. O mais velho tinha vinte e cinco e era o rapaz mais forte e valente da freguesia.
- Tu também – respondeu o pai ao pequeno.
Os filhos voltaram e trouxeram cada um o seu vime seco.
O pai pegou no vime do filho mais velho e entregou-o ao mais novo para que este o partisse. E ele assim fez, sem nenhuma dificuldade. E a todos os outros seis vimes.
- Agora dai-mos cá, disse o pai.
E dos vimes todos fez um feixe, atando-os com uma corda. E voltando-se para o mais velho disse:
- Toma este feixe e parte-o!
O filho bem tentou, mas não conseguiu.
-Algum de vocês é capaz de o partir?
Mas nenhum dos filhos conseguiu. Então o pai disse-lhes:
Meus filhos, o mais pequenino de vós partiu sem lhe custar nada todos os vimes enquanto os partiu um por um, mas o mais velho não conseguiu partir o feixe dos vimes. Pois bem, lembrai-vos disto e do que vos vou dizer: enquanto estiverdes unidos, como irmãos que sois, ninguém vos fará mal ou vencerá. Mas logo que vos separeis, facilmente sereis vencidos.
Acabou de dizer isto e morreu. Os filhos foram sempre muito felizes, porque se ajudaram e apoiaram sempre e como não houve forças que os desunissem, também não houve forças que os vencessem.
 
Adaptado de Trindade Coelho, Os Meus Amores
 
 
 
 
 
 
1.       Assinala com V (verdadeiro) ou F (falso) as seguintes afirmações e corrige as falsas:
 
a) Esta parábola pretende transmitir um ensinamento.
b) O filho mais pequeno era o mais forte.
c) Só o filho mais velho e o mais novo trouxeram um vime seco.
d) O filho mais novo conseguiu partir o feixe de vimes.
 
2. Indica a(s) personagem(ens) principal(ais) do texto e justifica a tua opção.
3. Classifica o tipo de narrador da parábola e justifica a tua resposta.
4. Qual o ensinamento que o pai pretendia transmitir?
5. Elabora um texto com 5 linhas no mínimo, em que expresses a tua opinião sobre esta parábola, justificando o teu ponto de vista.
 
 
Grupo II - Funcionamento da Língua
 
1.       Dá um exemplo para cada opção:
 
a) 1ª pessoa do Singular, Presente do Indicativo
b) 2ª pessoa do Plural, Pretérito Perfeito do Indicativo
c) 3ª pessoa do Singular, Futuro do Indicativo
d) 3ª pessoa do Plural, Pretérito Imperfeito do Indicativo
 
 
Grupo III – Expressão Escrita
 
O 7 é um número simbólico muito usado em histórias tradicionais. Escolhe um objecto (em vez de um vime, uma pedra ou um cachimbo) e, em 15 linhas no mínimo, escreve uma história criativa das 7 pedras, por exemplo.
 
Bom trabalho!
José Miranda©
 
publicado por OPTD às 12:40

Dezembro 06 2008

 

Teste de Avaliação 2 - 7º ano
Lê atentamente o texto e responde com correcção e clareza às questões seguintes na tua folha de teste.
linhas

1
 
 
5
 
 
 
10
Águas Correntes, 05/07/08
Caro João: Passaram cinco meses depois da tua última carta, mas, por várias razões, não me foi possível responder-te mais cedo. Ando muito ocupado.
Agora indo direito ao assunto: estou apaixonado. Lembras-te da Sidónia?... É ela a felizarda a quem coube a sorte de namorar um rapaz tão interessante como eu. Anda mesmo caidinha: telefona-me imensas vezes, saímos juntos outras tantas, com cinema e bailes à medida daquilo que eu mereço.
Pois é. Aqui este modesto rapaz continua irresistível. E tu? O que tens feito? Já começaste a namorar?... Olha que é uma bela coisa!...
Fico-me por aqui, que o telefone já toca. Vai dando notícias tuas.
Um abraço deste sempre teu amigo
Marcolino
 

Grupo I – Compreensão Escrita
1.       Assinala com V (verdadeiro) F (falso) as seguintes afirmações :
 
a) Graficamente, a carta acima respeita as regras de escrita de uma carta.
b) O destinatário da carta chama-se Marcolino.
c) O Marcolino está apaixonado.
d) O João é um rapaz modesto.
2. Resume a carta que leste, em três linhas.
3. Escrevem-se cartas em muitas circunstâncias. Porquê? Exemplifica e caracteriza o uso da carta actualmente.
4. Em quantas partes se pode dividir uma carta? Indica-as e cita as linhas de início e fim de cada uma delas.
5. Completa o quadro :

Local
 
Data
Saudação
Fórmula de despedida
 

 
 
Grupo II - Funcionamento da Língua
1.       Escreve frases com adjectivos à tua escolha nos graus indicados.
a) grau normal
b) grau comparativo de superioridade
c) grau superlativo relativo de inferioridade
d) grau superlativo absoluto sintético
 
 
Grupo III – Expressão Escrita
Num mínimo de 15 linhas, responde, através de uma carta, ao Marcolino. Tem especial atenção às regras de escrita da carta e aos temas/questões tratados na carta do Marcolino.
 
Bom trabalho!
José Miranda©
publicado por OPTD às 11:55

Dezembro 01 2008

 

Lê atentamente o texto da página 31 do manual e responde com correcção e clareza às questões seguintes na tua folha de teste.
Grupo I – Compreensão Escrita
1.       Assinala com V (verdadeiro) F (falso) as seguintes afirmações :
 
a) O texto refere uma sondagem realizada em 27 países da União Europeia.
b) A sondagem foi realizada em Setembro..
c) 54% dos europeus preferia voltar às suas moedas nacionais.
d) Os Holandeses são os maiores defensores do euro.
2. Identifica o tipo de texto jornalístico que leste.
3. Quais são as suas características/objectivos principais?
4. Em quantas partes se pode dividir? Indica-as e dá um título ao texto.
5. Completa o quadro :

Quem?
O quê?
Quando?
Onde?
 
 
 
 
 

 

Como?
Porquê?
 
 
 

 
Grupo II - Conhecimento Explícito da Língua
1.       Faz corresponder cada função sintáctica à expressão correcta :
 

1.       O João
A. Complemento circ. tempo
2.       Fez uma notícia
B. Complemento circ. lugar
3.       Ontem
C. Complemento circ. modo
4.       Na escola
D. Predicado
 
E. Sujeito

 
Grupo III – Expressão Escrita
De acordo com os teus conhecimentos sobre o texto jornalístico, elabora uma notícia, num mínimo de 10 linhas.
publicado por OPTD às 09:00

Novembro 29 2008

 

Teste de avaliação 2 - 8º ano
Lê atentamente o texto e responde com correcção e clareza às questões seguintes na tua folha de teste.
linhas

1
 
5
 
 
10
 
 
15
Lisboa, 03/02/08
 
Querida Leontina:
Deves achar estranho receber uma carta minha, visto que não tenho o hábito de escrever. Mas, de repente, deu-me uma vontade louca de te confessar o quanto é bom amar-te, o quanto me faz bem esta ternura que nos cerca, mesmo quando não estás exactamente ao meu lado.
Sabes, amar-te e sentir-me amado por ti é a melhor de todas as sensações que já experimentei na vida. Contigo sinto-me feliz e poderoso. Sinto-me livre, no sentido de ter a segurança de tomar qualquer atitude, qualquer rumo, sabendo que estou a agir em busca do melhor para nós os dois.
Tenho sempre muitas saudades tuas, mas são saudades boas de sentir, saudades doces e ternas, tranquilas, porque sabem que serão saciadas assim que os meus olhos virem o brilho dos teus.
Minha querida e adorável criatura, adoro-te.
 
Sinceramente.
Justino
 
PS. Adoro-te.
 

Grupo I – Compreensão Escrita
1.       Assinala com V (verdadeiro) F (falso) as seguintes afirmações :
 
a) Graficamente, a carta acima respeita as regras de escrita de uma carta.
b) O destinatário da carta chama-se Justino.
c) A Leontina está apaixonada.
d) O Justino é um rapaz romântico.
2. Resume a carta que leste, em três linhas.
3. Escrevem-se cartas em muitas circunstâncias. Porquê? Exemplifica e caracteriza o uso da carta actualmente.
4. Em quantas partes se pode dividir uma carta? Indica-as e cita as linhas de início e fim de cada uma delas.
5. Completa o quadro :

Local
 
Data
Saudação
Fórmula de despedida
 

 
 
Grupo II - Funcionamento da Língua
1.       Escreve frases com adjectivos à tua escolha nos graus indicados.
a) grau normal
b) grau comparativo de superioridade
c) grau superlativo relativo de inferioridade
d) grau superlativo absoluto sintético
 
 
Grupo III – Expressão Escrita
Num mínimo de 15 linhas, responde, através de uma carta, ao Justino. Tem especial atenção às regras de escrita da carta e aos temas/questões tratados na carta do Justino.
 
Bom trabalho!
José Miranda©
publicado por OPTD às 21:38

Novembro 03 2008

 


Escola Básica 2, 3 _____________________________
Ficha de Avaliação de Língua Portuguesa 1
Nome ________________________________________, nº ____, _____º ano, turma ___
Classificação _________________ Prof. ____________ E. E. ______________________
 
Grupo 0 - Compreensão Oral
 
    1. Ouve atentamente a notícia seguinte.
    2. Agora, completa o quadro seguinte com as informações pedidas.

Quem?
 
 
O quê?
 
 
Quando?
 
 
Onde?
 
 
Como?
 
 
Porquê?
 
 

 
    1. Confirma se as informações estão correctas.
 
Lê atentamente o texto seguinte.
 
 
Público, 23/02/2006 (adaptado), retirado de Ponto e Vírgula 7, Texto Editores, 2006, p. 32
 
 
 
Responde agora com correcção e clareza às questões seguintes na tua folha de teste.
 
Grupo I – Compreensão Escrita
1.       Assinala com V (verdadeiro) F (falso) as seguintes afirmações :
 
a) Há cada vez mais jovens a ir ao cinema.
b) Os mais velhos preferem DVD’s.
c) Em Portugal, os filmes são bastante promovidos.
d) Os filmes infantis têm pouco sucesso.
2. Identifica o tipo de texto jornalístico que leste.
3. Quais são as suas características/objectivos principais?
4. Em quantas partes se pode dividir? Indica-as.
5. Completa o quadro :

Quem?
O quê?
Quando?
Onde?
 
 
 
 
 
 

 

Como?
Porquê?
 
 
 
 
 

 
Grupo II – Funcionamento da Língua
1.       Faz corresponder cada expressão à função sintáctica correcta :
 

1.       O João
A. Complemento circ. Tempo
2.       Fez uma notícia
B. Complemento circ. Lugar
3.       Ontem
C. Complemento circ. Modo
4.       Na escola
D. Predicado
 
E. Sujeito

 
Grupo III – Expressão Escrita
De acordo com os teus conhecimentos sobre o texto jornalístico, elabora uma notícia, num mínimo de 10 linhas. Não te esqueças do título!
 
 Bom trabalho!
José Miranda(c)
 
publicado por OPTD às 14:53

Outubro 17 2008

 

Grupo D
                                      Interpretação oral
 
Desenha, em cada pergunta, um círculo em torno da alínea que está correcta:
 
1)    O narrador desta história é:
 
a-   um menino que gosta de histórias de gigantes.
b-   um menino que é amigo de um coelho.
c-   um adulto que relata as suas memórias de infância.
d-   um pai contador de histórias infantis.
 
2)    “Nenhum se comparava ao meu coelho, nem sabia brincar com tanta classe.” No texto, a expressão “brincar com tanta classe” significa:
 
a-   brincar com brinquedos tão caros.
b-   brincar com tanta habilidade e graça.
c-   brincar com vários outros animais.
d-   brincar com tanta concentração.

3) O narrador acha que foi ingrato porque:
 
a-   se esqueceu do namoe do coelho.
b-   permitiu que levassem o coelho.
c-   pbrigou o coelho a brincar com ele.
d-   descuidou o bem-estar do coelho
 
4) Um dia a criança reparou que os pais andavam a cochichar e percebeu que:
 
a-   estava na hora de o mandarem para uma nova escola.
b-   ia ter um irmão mais novo.
c-   estavam a pensar cozinhar o coelho.
d-   estavam a decidir sobre a ida do coelho para uma quinta.
 
5) Qual a justificação dada pelos pais para mandarem o coelho embora?
 
a-   o coelho, em casa, incomodava toda a gente.
b-   o filho perdias tempo a brincar com ele.
c-   o coelho poderia viver melhor no campo, em liberdade.
d-   Os pais queriam das um presente ao amigo deles .
 
6) O narrador diz que sempre que vê “um orelhudo mallhado a saltar” tem a seguinte reacção:
 
a-   fica triste porque já não se lembra do nome do seu antigo coelhinho.
b-   Pensa que é um descendente do seu próprio coelho que foi viver para a quinta.
c-   Pensa que é uma raça em extinção.
d- Pensa nas características deste animal, que aprendeu nas aulas de ciências da natureza.
 
 
 
 
publicado por OPTD às 22:32

Um blogue de apoio às minhas aulas e a todos os que gostam de Português, Francês e tudo... Desde 2008.
Setembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


links
pesquisar
 
blogs SAPO