O Professor tira dúvidas

Janeiro 17 2013

verbos

(palavra que exprime ação, estado, qualidade, situando no tempo...)

 

Em Português há 3 conjugações:

1ª, em -a cantAR

2ª, em -e bebER (e também PONERE>poer>PÔR)

3ª, em -i partIR

 

Variam em

número singular e plural

pessoa 1ª, 2ª e 3ª do singular ou do plural (eu tu ele, nós vós eles)

modo:

1indicativo (real)

 

http://www.google.pt/imgres?q=verbo+amar+portugues&start=167&um=1&hl=pt-PT&biw=1366&bih=673&tbm=isch&tbnid=8BC1TnR48zXDEM:&imgrefurl=http://diegodg3.blogspot.com/2010/03/modulo1-aula-3-verbos.html&docid=IgPG8_VM45nzJM&imgurl=http://www.manager.com.br/elearning/galeria/modo_indicativo_1.gif&w=519&h=397&ei=eqRTT4XBGaSm0QWv6vTpCw&zoom=1&iact=hc&vpx=904&vpy=363&dur=148&hovh=196&hovw=257&tx=115&ty=155&sig=115706103078918189233&page=8&tbnh=138&tbnw=180&ndsp=26&ved=1t:429,r:11,s:167

 

2conjuntivo (hipótese)

3imperativo (ordem, conselho, pedido)

4infinitivo (a ideia em abstrato)

 

tempo (simples e compostos) presente, pretérito perfeito, imperfeito, mais-que-perfeito, futuro, condicional, infinitivo, gerúndio, particípio

 

voz ativa/passiva O carteiro entregou a carta.

                           A carta foi entregue pelo carteiro.

 

http://www.profteresa.net/Os%20Verbos.pdf

http://www.graudez.com.br/portugues/verbos1.htm

http://www.conjuga-me.net/

http://linguaportuguesa7ano.blogspot.com/2010/05/o-verbo-exercicios-de-flexao-verbal.html

 

 

verbos defectivos (não se usam em todas aspessoas) nevar, chover, trovejar, haver...

 

Conjugação pronominal: lavar-se: eu lavo-me, tu lavas-te, ele ama-a, eles abraçam-se...

conjugação perifrástica: tenho de comprar, a chuva ia caindo...

 

publicado por OPTD às 12:27

Janeiro 17 2013

Funções sintáticas:

 

Sujeito

predicado

complemento direto

complemento indireto

complemento oblíquo

complemento agente da passiva

modificadores (NÃO É PEDIDO PELO VERBO)

predicativo do sujeito

predicativo do complemento direto

vocativo

modificador da frase (advérbios de modo...)

complemento do nome

modificador do nome

modificador restritivo

modificador apositivo

complemento do adjetivo

modificador do adjetivo

 

 

 

 

 

 

http://www.slideshare.net/timosteos/novos-programas-de-portugus-ix npp 2009

publicado por OPTD às 12:24

Janeiro 17 2013

http://www.flip.pt/FLiP-On-line/Gramatica/Sinais-de-pontuacao.aspx

http://criarmundos.do.sapo.pt/Linguistica/pesquisaescrita013.html

 

A importância da Pontuação

 

Um homem muito rico estava extremamente doente, agonizando. Pediu papel e caneta e escreveu, sem pontuação alguma, as seguintes palavras:
'Deixo meus bens a minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do padeiro nada dou aos pobres. '
Não resistiu e se foi antes de fazer a pontuação. Ficou o dilema, quem herdaria a fortuna? Eram quatro concorrentes.
1) O sobrinho fez a seguinte pontuação: Deixo os meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.
2) A irmã chegou em seguida. Pontuou assim o texto: Deixo meus bens à minha irmã. Não a meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.
3) O padeiro pediu cópia do original. Puxou a brasa pra sardinha dele: Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.
4) Aí, chegaram os descamisados da cidade. Um deles, sabido, fez esta interpretação: Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga aconta do padeiro? Nada! Dou aos pobres.
Moral da história: A vida pode ser interpretada e vivida de diversas maneiras. Nós é que fazemos sua pontuação. É isso faz toda a diferença...

O conto da ilha desconhecida

 

José Saramago

 

Um homem foi bater à porta do rei e disse-lhe, Dá-me um barco. A casa do rei tinha muitas mais portas, mas aquela era a das petições. Como o rei passava todo o tempo sentado à porta dos obséquios (entenda-se, os obséquios que lhe faziam a ele), de cada vez que ouvia alguém a chamar à porta das petições fingia-se desentendido, e só quando o ressoar contínuo da aldraba de bronze se tornava, mais do que notório, escandaloso, tirando o sossego à vizinhança (as pessoas começavam a murmurar, Que rei temos nós, que não atende), é que dava ordem ao primeiro-secretário para ir saber o que queria o impetrante, que não havia maneira de se calar. Então, o primeiro-secretário chamava o segundo-secretário, este chamava o terceiro, que mandava o primeiro-ajudante, que por sua vez mandava o segundo, e assim por aí fora até chegar à mulher da limpeza, a qual, não tendo ninguém em quem mandar, entreabria a porta das petições e perguntava pela frincha, Que é que tu queres. O suplicante dizia ao que vinha, isto é, pedia o que tinha a pedir, depois instalava-se a um canto da porta, à espera de que o requerimento fizesse, de um em um, o caminho ao contrário, até chegar ao rei. Ocupado como sempre estava com os obséquios, o rei demorava a resposta, e já não era pequeno sinal de atenção ao bem-estar e felicidade do seu povo quando resolvia pedir um parecer fundamentado por escrito ao primeiro-secretário, o qual, escusado se ria dizer, passava a encomenda ao segundo-secretário, este ao terceiro, sucessivamente, até chegar outra vez à mulher da limpeza, que despachava sim ou não conforme estivesse de maré.

Contudo, no caso do homem que queria um barco, as coisas não se passaram bem assim. (...)

 

http://www.releituras.com/jsaramago_menu.asp

 

 

• Ortografia. +

 

http://cvc.instituto-camoes.pt/index.php?option=com_forca&Itemid=173 jogo da forca

 

 

http://escola.eb23-dr-ruy-andrade.rcts.pt/images/stories/flash/acordoortografico_653da239ce16a79ae75b83f89bab4037.swf

 

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ajuda:Guia_de_edi%C3%A7%C3%A3o/Usar_o_acordo_ortogr%C3%A1fico

 

http://www.abril.com.br/noticias/quiz-portugues-novo-acordo-ortografico/

 

Ver tag Acordo ortográfico para mais

 

http://guida.querido.net/jogos/portug/ordalf-1.htm ordem alfabética

 

publicado por OPTD às 12:22

Janeiro 17 2013

adjetivos

(colocam-se antes ou depois dos nomes)

 

Variam em

género, podendo ser

biforme homem alto/mulher alta

uniforme homem inteligente/mulher inteligente

 

número singular/plural

 

graus

 

1normal forte

 

2comparativo (a característica de 1 elemento face à mesma característica de outro elemento)

2.1superioridade mais forte do que

2.2igualdade tão forte como

2.3inferioridade menos forte do que

 

3superlativo

 

3.1absoluto ( a característica em absoluto num único elemento)

3.1.1sintético fortíssimo

3.1.2analítico muito forte

 

3.2relativo (a característica de 1 elemento face a um grupo de elementos)

 

Só tem 2!

 

3.2.1superioridade o mais forte de

3.2.2inferioridade o menos forte de

 

casos especiais: bom melhor ótimo, mau pior péssimo, baixo inferior ínfimo

agradabilíssimo, cristianíssimo, magnificentíssimo, crudelíssimo, frigidíssimo, aspérrimo, libérrimo, paupérrimo, docílimo, humílimo, dulcíssimo, sapientíssimo...

 

http://profpaulo.weebly.com/adjetivo.html

 

 Faz frases com os adjetivos indicados nos graus entre parêntesis:

 

grande (comparativo de inferioridade) ______________________________________________

bonito (superlativo relativo de inferioridade) ____________________________________

inteligente (comparativo de igualdade) ___________________________________

pobre (superlativo absoluto sintético) ______________________________________

exigente (superlativo absoluto analítico) ______________________________

distraído (comparativo de superioridade) ________________________________________

 

 

publicado por OPTD às 12:19

Um blogue de apoio às minhas aulas e a todos os que gostam de Português, Francês e tudo... Desde 2008.
Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


links
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO