O Professor tira dúvidas

Fevereiro 10 2015

 

5º ano

 

Grupo I 50%

Texto dramático

(características:

  • divisão em atos; cada ato correspondendo a um cenário;
  • atos divididos em cenas; sempre que entra ou sai uma personagem;
  • didascálias - informações sobre o espaço, tempo, movimento, entoação para atores; nomes das personagens seguidos das falas respetivas)

Texto narrativo

(tempo, espaço, narrador, personagens)

 

Questionário

Localização de informações

 

Grupo II 20%

Funções sintáticas (Vocativo, sujeito, predicado, complemento direto e indireto)

Determinantes artigos, possessivos e demonstrativos

 

Grupo III 30%

Texto dramático

 

Exemplo:

 

A surpresa

 

Ato I

(À porta de um café)

 

João (irritado) - já te disse que estamos atrasados! O Manuel já deve estar à espera...

Ana (tentando acalmá-lo) - Desculpa, sabes que me demoro sempre a arrumar os livros na mala... E ainda por cima o Professor pediu-nos um texto dramático nas férias, mesmo no final da aula!

J - Ok! Mas não gosta de esperar, nem de fazer esperar... O Manuel disse-me para virmos cá ter porque tinha uma coisa para me dizer...

A - (a fingir-se interessada) - a sério?!

J - Sim, passou o dia todo a evitar-me e ainda por cima hoje que...

A (interrompendo-o) - Deixa lá isso agora!

 

Ato II

(Dentro do café. Não se vê ninguém.)

 

J - Mas onde estão todos?

A - Se calhar estão na sala lá de dentro... (sai)

J - Que estranho!

 

(As luzes apagam-se e surgem A Ana e o Manuel e todos os colegas do João com um bolo de aniversário.)

 

Todos - Surpresa!!! Parabéns a você...

J - não acredito! Obrigado!

 

Fim

 

Cf. apontamentos da aula, páginas do manual, caixa de ferramentas e fichas respetivas do caderno de atividades.

 

6º 

 

Grupo I 50%

Texto dramático

(características do modo teatral:

  • divisão em atos; cada ato correspondendo a um cenário;
  • atos divididos em cenas; sempre que entra ou sai uma personagem;
  • didascálias - informações sobre o espaço, tempo, movimento, entoação para atores;
  • nomes das personagens seguidos das falas respetivas)

ONOMATOPEIA - sons dos animais/objetos ão ão, miau...

COMPARAÇÃO - o teatro é como a vida...

 

Questionário - respostas completas

 

Grupo II 20%

  • frase simples e complexa

frase simples- 1 verbo

frase complexa- mais de 1 verbo

 

O João levantou-se, vestiu o casaco e saiu.

O João sentou-se muito triste na sua cadeira.

 

 

  • pronominalização e referente

Vestiu-o. O refere-se a _____?

 

  • classe de palavras: adjetivos, advérbio, preposição

{#emotions_dlg.benfica}ADJETIVO

 

Varia em género1, número2 e grau3

 

1carinhoso/a

2carinhoso/carinhosos

3bastante carinhoso

 

Subclasses do adjetivo:

 

 

QUALIFICATIVO

ANTES OU DEPOIS DO NOME (com alteração de significado)

VARIA EM GRAU

o pobre homem

o homem pobre

 

NUMERAL

INDICA ORDEM NUMA SÉRIE

ANTES DO NOME, PODENDO SER ANTECEDIDO POR ARTIGO, DEMONSTRATIVO, POSSESSIVO OU QUANTIFICADOR

o

 

aquele

o nosso

os dois

primeiro(s) lugar(es)

 

 

 

 

GÉNERO:

 

biforme menino inquieto menina inquieta

 

uniforme homem simples mulher simples

amável, comum, fácil, breve, exemplar, exterior, cortês, capaz...

 

Casos especiais da formação do feminino:

 

trintão trintona

galileu galileia

judeu judia

réu ré

 

 

NÚMERO:

 

singular plural

triste tristes

 

GRAU:

 

1normal forte

 

2comparativo (a característica de 1 elemento face à mesma característica de outro elemento)

2.1superioridade mais forte do que

2.2igualdade tão forte como

2.3inferioridade menos forte do que

 

3superlativo

 

3.1absoluto ( a característica em absoluto num único elemento)

3.1.1sintético fortíssimo

3.1.2analítico muito forte

 

3.2relativo (a característica de 1 elemento face a um grupo de elementos)

 

Só tem 2!

 

3.2.1superioridade o mais forte de

3.2.2inferioridade o menos forte de

 

casos especiais: bom melhor ótimo, mau pior péssimo, baixo inferior ínfimo

agradabilíssimo, cristianíssimo, magnificentíssimo, crudelíssimo, frigidíssimo, aspérrimo, libérrimo, integérrimo, paupérrimo, docílimo, humílimo, dulcíssimo, sapientíssimo, amaríssimo, ...

 

http://profpaulo.weebly.com/adjetivo.html

 

{#emotions_dlg.style}advérbios

(intensificam o sentido do verbo, adjetivo... Não variam em género e número.)

 

subclasses:

negação não, nunca, jamais

afirmação sim, certamente

quantidade/grau muito, pouco, bastante

inclusão/exclusão mesmo, até, apenas, só

relativo onde

interrogativo onde, quando, como, porquê?

de predicado fiquem BEM, cheirava MAL

de frase felizmente, provavelmente...

 

{#emotions_dlg.sleeping}preposições

(palavras invariáveis que ligam palavras)

 

 

Contrações:

 

a+o,a, os, as=ao...

de+o, a, os, as=do...

por+o,a,os, as=pelo...

 

  • frase ativa passiva

Frase ativa (centrada no agente)

 

O carteiro entregou a carta.

sujeito                         cd

 

Frase passiva

 

A carta foi entregue pelo carteiro.

sujeito                       complemento agente da passiva

 

As frases passivas têm mais de um verbo.

 

  • funções sintáticas (vocativo, sujeito, predicado, complemento agente da passiva)

 

A frase é constituída pelo Grupo Nominal GN (núcleo: nome), adjetival GAdj (adjetivo), verbal GV (verbo), preposicional GPrep (preposição), adverbial GAdv (advérbio)

 

Cada grupo tem na frase uma diferente função, consoante a sua posição na frase.

 

Funções sintáticas (ver ppt, grupo ES facebook ou http://www.slideshare.net/timosteos/novos-programas-de-portugus-ix ou http://www.slideshare.net/guidaclaro/funes-sintticas-13331068 npp 2009):

 

Sujeito

O mar parecia de prata.

simples

O João foi à praia.

composto

O João e a Maria foram à praia.

 

 

predicado (o verbo e os seus complementos/modificadores)

O João e a Maria foram à praia.

 

complemento direto (geralmente à direita do verbo, um objeto, substituível por -o/a, os/as)

O homem comprou um ramo de flores. / O homem comprou-lhe o ramo de flores.

 

complemento indireto (geralmente à direita do c. direto, uma pessoa, substituível por -lhe/lhes)

O João deu um beijo à Maria. / O João deu-lhe um beijo.

 

Sujeito

nulo subentendido

___ Abriu os olhos e sorriu.

nulo indeterminado

Disseram-me que não havia tpc., Estudava-se muito dantes.

nulo expletivo

___ Choveu muito hoje.

 

complemento oblíquo (como o c indireto também pode começar por uma preposição (ou advérbio), mas não é substituível por -lhe, o que não for c. dir ou c. ind...)

Ele vem de autocarro.

Gosto de ti.

 

complemento agente da passiva (por, pelo/a, os/as)

O Presidente foi eleito pelo povo.

O corpo foi abandonado.

O livro foi comprado por mim.

O trabalho foi feito. _____

 

modificadores (NÃO É PEDIDO PELO VERBO, acrescentam informação, modificam o verbo, podem ser omitidos ou móveis - TESTE ao Suj: Quem foi à escola? quem chegou a horas? Se não aparece na resposta não é complemento)

De manhã eu fui à escola.

Eu fui à escola de manhã.

Felizmente, o Luís chegou a horas.

 

predicativo do sujeito (ser, estar, continuar, ficar, parecer, permanecer, revelar-se, tornar-se...)

A mãe era azeda.

Ele ficou irritado.

Ele estava crescido.

Ele ficou em casa.

 

predicativo do complemento direto (achar, considerar, julgar, eleger)

Eles achavam a Ana estranha.

Nomearam a Rita delegada de turma.

 

vocativo (nome, entre vírgulas... não confundir com sujeito)

E vós, Tágides minhas,..., Manuel, vira-te para a frente!

 

modificador da frase (advérbios de modo...)

Decididamente era muito grave.

 

 

 

 

Síntese e exercícios com correção

http://profpaulo.weebly.com/funccedilotildees-sintaacuteticas.html

 

 

Grupo III 30%

Texto dramático

 

A surpresa

 

Ato I

(À porta de um café)

 

João (irritado) - já te disse que estamos atrasados! O Manuel já deve estar à espera...

Ana (tentando acalmá-lo) - Desculpa, sabes que me demoro sempre a arrumar os livros na mala... E ainda por cima o Professor pediu-nos um texto dramático nas férias, mesmo no final da aula!

J - Ok! Mas não gosta de esperar, nem de fazer esperar... O Manuel disse-me para virmos cá ter porque tinha uma coisa para me dizer...

A - (a fingir-se interessada) - a sério?!

J - Sim, passou o dia todo a evitar-me e ainda por cima hoje que...

A (interrompendo-o) - Deixa lá isso agora!

 

Ato II

(Dentro do café. Não se vê ninguém.)

 

J - Mas onde estão todos?

A - Se calhar estão na sala lá de dentro... (sai)

J - Que estranho!

 

(As luzes apagam-se e surgem A Ana e o Manuel e todos os colegas do João com um bolo de aniversário.)

 

Todos - Surpresa!!! Parabéns a você...

J - não acredito! Obrigado!

 

Fim

 

Cf. apontamentos da aula, páginas do manual, fichas de trabalho, esquemas no final do manual e fichas respetivas do caderno de atividades.

 

publicado por OPTD às 20:54

Um blogue de apoio às minhas aulas e a todos os que gostam da Língua Portuguesa (e Francesa) e tudo...
Fevereiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
17
18
19
20
21

22
25
26
27
28


links
pesquisar
 
Contador (desde Julho 2009)

contador gratis
blogs SAPO