O Professor tira dúvidas

Janeiro 06 2014

 

texto http://www.cm-sjm.pt/files/19/19501.pdf

 

resumo e análise http://www.passeiweb.com/estudos/livros/auto_da_barca_do_inferno

 

pdf análise personagens http://www.slideshare.net/vestibular/o-auto-da-barca-do-inferno

 

 

http://www3.tvcultura.com.br/tudooqueesolido/player.php?id=151 ...

 

http://linguaportuguesa9ano.wordpress.com/testes-hot-potatoes/auto-da-barca-do-inferno/

 

 

http://pt.wikipedia.org/wiki/Auto_da_Barca_do_Inferno

 

publicado por OPTD às 16:35

Boas professor, poderia me explicar estas estrofes (link abaixo do seu blog para ver melhor) ou fazer uma breve análise? Não entendi se era a chegada dos portugueses é que vou ter uma ficha quinta feira, e se poder ajudar agradecia. Não me deve conhecer mas costumo ver resumos nos seus blogs porque são esclarecedores. Continue a publicar e se poder ajudar agradeço.

III, 1

Agora tu, Calíope, me ensina
O que contou ao Rei o ilustre Gama:
Inspira imortal canto e voz divina
Neste peito mortal, que tanto te ama.
Assim o claro inventor da Medicina,
De quem Orfeu pariste, ó linda Dama,
Nunca por Dafne, Clície ou Leucotoe,
Te negue o amor devido, como soe.

2

Põe tu, Ninfa, em efeito meu desejo,
Como merece a gente Lusitana;
Que veja e saiba o mundo que do Tejo
O licor de Aganipe corre e mana.
Deixa as flores de Pindo, que já vejo
Banhar-me Apolo na água soberana;
Senão direi que tens algum receio,
Que se escureça o teu querido Orfeio.

3

Prontos estavam todos escutando
O que o sublime Gama contaria,
Quando, depois de um pouco estar cuidando,
Alevantando o rosto, assim dizia:
"Mandas-me, ó Rei, que conte declarando
De minha gente a grão genealogia:
Não me mandas contar estranha história,
Mas mandas-me louvar dos meus a glória.

4

"Que outrem possa louvar esforço alheio,
Cousa é que se costuma e se deseja;
Mas louvar os meus próprios, arreceio
Que louvor tão suspeito mal me esteja;
E para dizer tudo, temo e creio,
Que qualquer longo tempo curto seja:
Mas, pois o mandas, tudo se te deve,
Irei contra o que devo, e serei breve.

http://oprofessortiraduvidas.blogs.sapo.pt/242691.html

Se poder responder para o email agradeço, tiagoliveira13@hotmail.com

Cumprimentos, Tiago O.
tiago a 7 de Janeiro de 2014 às 23:30

Olá, Tiago e obrigado pelas questões.

Os Portugueses estão em Melinde, ainda não chegaram à Índia...

Se leste bem o blog, no início do canto III, o poeta invoca Calíope*, musa da História para que esta o inspire a cantar o que Vasco da Gama contou sobre a História de Portugal ao rei de Melinde:

Entretanto, chegados a Melinde, Vasco da Gama explica ao rei quem são os Portugueses e a sua História e localização geográfica, invocando Calíope, musa da poesia épica. III, 1,2,3

Vasco da Gama avisa o rei que não lhe fica bem falar da sua própria história e feitos, apesar de não serem exagerados e de isso levar muito tempo. III, 4, 5

Seguidamente, conta-lhe também sobre Luso, Viriato, Sertório, o conde D. Henrique, D. Afonso Henriques, D. Teresa, Egas Moniz, as quinas, o milagre de Ourique, Sancho I, Afonso II e Sancho II, Afonso III, D. Dinis, Afonso IV e o episódio da batalha do Salado e da formosíssima Maria até à história de Pedro e Inês.

Ajudou?

*I, 4, Camões já tinha invocado as Tágides!
OPTD a 8 de Janeiro de 2014 às 11:40

Olá, Tiago e obrigado pelas questões.

Os Portugueses estão em Melinde, ainda não chegaram à Índia...

Se leste bem o blog, no início do canto III, o poeta invoca Calíope* para que esta o inspire a cantar o que Vasco da Gama contou sobre a História de Portugal ao rei de Melinde:

Entretanto, chegados a Melinde, Vasco da Gama explica ao rei quem são os Portugueses e a sua História e localização geográfica, invocando Calíope, musa da poesia épica. III, 1,2,3

Vasco da Gama avisa o rei que não lhe fica bem falar da sua própria história e feitos, apesar de não serem exagerados e de isso levar muito tempo. III, 4, 5

Seguidamente, conta-lhe também sobre Luso, Viriato, Sertório, o conde D. Henrique, D. Afonso Henriques, D. Teresa, Egas Moniz, as quinas, o milagre de Ourique, Sancho I, Afonso II e Sancho II, Afonso III, D. Dinis, Afonso IV e o episódio da batalha do Salado e da formosíssima Maria até à história de Pedro e Inês.

Ajudou?

*I, 4, Camões já tinha invocado as Tágides!
OPTD a 8 de Janeiro de 2014 às 11:42

Um blogue de apoio às minhas aulas e a todos os que gostam da Língua Portuguesa (e Francesa) e tudo...
Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
16
17
18

19
20
22
23
24
25

26
29
30
31


links
pesquisar
 
Contador (desde Julho 2009)

contador gratis
blogs SAPO