O Professor tira dúvidas

Janeiro 25 2012

Num terraço de Quimeras me assentei,

cansado o coração, pesada a alma,

as doces recordações pela calma

lembrando e o mais que já não terei.

 

Ó ligeiros Sonhos que em vão dourei,

ternuras suaves em vis tornadas,

ó nuvens de Juno tão desejadas,

que por vós em fria pedra fiquei!

 

De quem é a culpa desta Ilusão,

desta alegria em tormento vertido?

Tu, só tu, ingénuo coração.

 

Assim que só por Imaginação

minha e tanto amor breve perdido

sofro eu e vivo em tamanha paixão.

publicado por OPTD às 17:27

Um blogue de apoio às minhas aulas e a todos os que gostam da Língua Portuguesa (e Francesa) e tudo...
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
21

22
24
26
27
28

29


links
pesquisar
 
Contador (desde Julho 2009)

contador gratis
blogs SAPO