O Professor tira dúvidas

Novembro 04 2015
 
 
 

I

A

1.1 b

1.2 c

1.3d

1.4 c

1.5 b

2 c, e

 

B

3 Aretusa era uma jovem caçadora, que apreciava a caça e a natureza como a deusa de que era devota: Ártemis.

4 A. estava cansada da caminhada e queria refrescar-se no rio por ser um local agradável e poder recuperar energias.

5 Inicialmente, A. sente-se cansada da caminhada, depois despreocupada e feliz devido ao banho tomado naquele lugar aprazível. Finalmente, sente-se assustada, fugindo do seu perseguidor.

6 Alfeu, o deus do rio, preseguiu A. por estar apaixonado por ela.

7 Ártemis fendeu a terra criando um túnel sob o mar ligando a Grécia e a Sicília, transformando A. numa fonte.

8 Alfeu assumiu a forma de rio e perseguiu A:, juntando as suas àguas às dela.

9 Este mito explica a origem da fonte de A. na Sicília.

 

II

1

em preposição simples

Ortígia nome próprio

existe verbo transitivo direto

uma determinante artigo indefinido

fonte nome comum

sagrada adjetivo qualificativo

2 adj qual: jovem, bela, cristalina; adj num: primeira

2.1 Apenas os adjetivos qualificativos variam em grau.

3

a Primeiro/seguidamente

b possivelmente

c velozmente/apenas

4

a ... ouviu-a

b ... cativaram-no

c ... convencê-la

5.1

a pronomes reflexos

b pronome recíproco

5.2

a não se despiu e não se meteu...

b despir-se-á e meter-se-á...

c despir-se-ia e meter-se-ia...

III

Resposta livre de acordo com as indicações dadas

 

 7º

 

I

1.1 V

V

F

V

F

F

V

1.8 F

 

2.1 B

C

A

B

2.5 D

 

3 A «Ainda coro...» l.1

B «19 de fevereiro... Hoje...» l. 1

4 «lá na escola» l.1

5 A narradora não tirava os olhos do relógio, porque percebeu que o debate ia terminar e teria de fazer o teste de História para o qual não tinha estudado.

6 A narradora queria prolongar o debate para nao ter teste, tendo conseguido o seu objetivo, porque depois da sua pergunta, os psicólogos nunca mais se calaram, não tendo tido teste.

7 A narradora sentiu vergonha, atrapalhação e uma grande emoção, porque todos os seus colegas pensaram que ela tinha experimentado alguma droga.

8 Sim/não/talvez, porque... resposta livre.

 

II

1 espécie, estratégia, abrigar, ambiental, acreditar, cartel

2

a ali

b muito/até

contem/atrapalhadamente

d primeiro/depois/não

 

3

segundo adj numeral

droga nome comum

a determinante artigo indefinido

minha det possessivo

turma nome comum coletivo

dois quantificador

mas conjunção coordenativa adversativa

desinteressante adj qualificativo

4

a adversativa

b explicativa

c disjuntiva 

d copulativa

e conclusiva

 

5

No fim do debate... à Camila:

- Por que razão... pergunta? Tu andas   drogas?!

 

6 A profª pediuà Camila que fosse para o pé dela e que lhe dissesse o que sabia sobre aquele assunto.

 

7

Ele ia à cabeça da manifestação.

És uma cabeça de alho chocho.

Entalei a cabeça do dedo na porta.

...

 

III

 

Resposta livre de acordo com as indicações dadas

 

 

 

 

 

 

publicado por OPTD às 11:23

Um blogue de apoio às minhas aulas e a todos os que gostam da Língua Portuguesa (e Francesa) e tudo...
Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
17
18
19
20
21

24
25
26
27
28

29
30


links
pesquisar
 
Contador (desde Julho 2009)

contador gratis
subscrever feeds
blogs SAPO